Saturday, October 17, 2009

JAMPA 2010

Este blogue tem o objetivo de propor a discussão da candidatura de Jampa à Assembléia Legislativa de Pernambuco em 2010. Para que isso seja feito, é necessário esclarecer quem somos, e porque achamos que Jampa é uma candidatura não só viável como desejável para as eleições de 2010.

QUEM SOMOS NÓS?

Esse blogue é escrito por amigos de Jampa e de sua candidatura. Tivemos a oportunidade de conhecer Jampa em diferentes contextos: seja na vizinhança onde ele morou, na escola onde estudou, na faculdade onde se formou e em diferentes contatos pela cidade do Recife.

QUEM É JAMPA?

João Paulo Lima e Silva Filho, conhecido por todos como Jampa, nasceu no Recife e passou boa parte da infância na UR-6. Estudou no Colégio Marista da Boa Vista e formou-se em sociologia na Universidade de Nancy na França. Atualmente está terminando seu doutorado em sociologia na Universidade Federal de Pernambuco. É filho do líder popular mais expressivo de Pernambuco, o ex-prefeito João Paulo.

POR QUE JAMPA?

Crescido entre o Ibura e os colégios de classe média do Recife, Jampa sempre teve consciência do privilégio de ter vivido uma realidade diferente de seus amigos de infância. Muitos deles morreram vítimas da violência que assola nossa cidade, sobretudo suas regiões mais pobres. Não seria exagero afirmar que a vida de Jampa tem se valido do constante esforço de usar o privilégio - da educação, por exemplo - a serviço de uma visão de mundo na qual o privilégio de poucos ceda espaço ao direito garantido de todos. Foi levando essa visão de mundo em consideração que entrou no curso de ciências sociais da UFPE em 1998, graduou-se em sociologia e fez seu mestrado na França. Desse modo, pôde refinar sua visão crítica da sociedade, credenciando-se para hoje entrar na cena política pernambucana.

Além das credenciais intelectuais, Jampa tem méritos que não foram adquiridos nos bancos universitários, mas na sua peculiar trajetória de vida. Exatamente por ter sido criado nessa zona fronteiriça entre a classe média e a pobreza, Jampa é capaz de sentir empatia por diferentes grupos sociais, o que o habilita a ser um mediador nato.

O preparo intelectual e sua empatia em relação aos jovens mais necessitados fazem de Jampa um político com potencial único em Pernambuco. Ao unir vivência de classes tão díspares, e sintetizar qualidades geralmente atribuídas a pessoas de diferentes segmentos sociais, Jampa representa algo novo na política pernambucana.

Esse blogue pretende discutir essa novidade e convidar o povo pernambucano a também analisá-la.

1 comment:

Eduardo said...

Olha, fico feliz de ver essa iniciativa. Espero que saia mesmo do meio internético e vire realidade essa candidatura. Dado